SÃO PAULO E CAPITAIS  11 3384-7479 | PARTWORK ASSOCIADOS | ÁREA DO CLIENTE

Serviços

Auditoria Tributária

A Auditoria Tributária tem por objetivo identificar oportunidades tributárias através de análise e investigação minuciosa das bases de cálculos, alíquotas e arquivos de dados fornecidos pela empresa nas apurações do IRPJ, CSLL, PIS, COFINS, ICMS, IPI, IRRF, RAT e INSS não verificadas durante o processo operacional cotidianos da empresa. Através de um software próprio, a Partwork faz o cruzamento digital de toda escrituração contábil e fiscal da empresa para desenvolvimento de um processo de verificação, planejamento e recuperação de eventuais créditos junto as secretarias competentes.

O processo de revisão tributária é a analise de todos os documentos fiscais e contábeis da empresa dos últimos 60 (sessenta) meses, para identificação de créditos tributários, aos quais podem ser utilizados extemporaneamente.

Nossos trabalhos contemplarão uma revisão de 100% dos procedimentos fiscais/tributários, bem como das obrigações acessórias,  adotados pela sociedade, com o objetivo de identificar quaisquer riscos, oportunidades e/ou contingências envolvendo a apuração e recolhimento dos tributos e contribuições abaixo descritos:

•     Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ);

•     Contribuição Social sobre o Lucro (CSLL);

•     Contribuição ao Programa de Integração Social (PIS);

•     Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (COFINS);

 

Resultados Apurados

Nesse sentido nossos testes buscarão identificar:

 
1) possíveis deficiências do fluxo de informações necessárias ao processamento fiscal, que possam gerar riscos de descumprimento das normas legais e/ou falta de acompanhamento de alterações na legislação fiscal;


2) se o imposto incidente sobre as operações da Sociedade foi corretamente determinado (momento do fato gerador), calculado (base de cálculo e alíquota) e se eventuais diferenças foram recolhidas de acordo com as normas legais, através de testes em guias de recolhimento, se o imposto foi devidamente pago;


3) se o imposto está sendo recuperado (créditos) e os benefícios fiscais a que a Sociedade eventualmente têm direito foram aproveitados de acordo com a legislação;


4) se os documentos fiscais foram escriturados na forma prevista na legislação vigente;


5) se as obrigações acessórias relativas ao imposto estão sendo adequadamente elaboradas e entregues nos prazos devidos.

•     Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI);

•     Imposto sobre Operações de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).